sexta-feira, 6 de maio de 2011

Feliz Dia das Mães!

"Mãe, outro dia eu estava coçando o meu umbigo e isso me fez pensar...
Que lembrança tão pequena de uma ligação importante!
Uma ligação que fez com que eu me tornasse... Eu mesmo!
Hoje é difícil imaginar que um dia eu fui pequeno, desprotegido e completamente de pendente de alguém.
Mas eu fui mesmo!
E esse alguém foi você, mamãe.



Foi você quem me mostrou a primeira borboleta... E o primeiro arco-íris.
Você estava ao meu lado quando eu dei os primeiros passos (é claro que eles foram desengonçados, mas você achou “uma gracinha”).
Você foi a primeira pessoa que me fez sorri. E estava do meu lado quando eu disse a minha primeira palavra: “Paiêêê!” (Mil desculpas, mãe!)
Até hoje fico feliz quando me dizem que sou a sua cara. É... Nós temos os mesmos olhos sonhadores, as mesmas orelhas, o mesmo nariz.
Prestando bem atenção, até nossos dedos do pé são iguais.
Pensando bem, isto é natural. Eu sempre serei uma parte de você, por que foi você quem me fez.
Você esculpiu meu rosto com milhões de beijos carinhosos.
Você me ensinou uma porção de coisas sobre o mundo e sobre o meu lugar nele. Eu aprendi tudo o que precisava saber te observando e ouvindo o que você me dizia. (E aquela história de como nascem os bebês foi uma grande surpresa!)
Você me transmitiu os valores mais importantes: a bondade, o perdão, a honestidade, a persistência, a consideração e, principalmente, a paciência.


Você me mostrou que até os piores dias podem ser superados com um bom chocolate.   (Mãe, você imagina quantas vezes eu utilizei esta filosofia ao longo da vida.)
O que eu quero dizer é que você é a base sobre a qual meu caráter foi construído. E por isso eu só posso dizer: obrigado!
Obrigado por sempre me ter feito sentir tão aquecido, protegido e amado. Por ter me dado tudo o que eu precisava para crescer e desenvolver o meu potencial.
E por ter sempre me chamado de seu “lindo anjinho”... (apesar de ser claro que não era bem verdade).
Obrigado por ter sido a minha motorista sempre a postos.
Obrigado por sua comidinha caseira e por ter enchido minha lancheira com tanto amor e coisas gostosas, dia após dia... (E um obrigado muito especial, mãe, pelo cheiro delicioso dos bolos que você fazia).
Obrigado por deixar seu filhinho bochechudo e estabanado brincar com seus guardados mais preciosos, e não ficar repetindo “Não te disse, não te disse?” A toda hora.
Obrigado por me pegar no colo sempre que eu queria um chamego, ou ver as coisas de cima. (O que na certa não fez muito bem para as suas costas...)


Obrigado por vir voando sempre que eu gritava: “Eu quero a minha mãããe!!!”
Toda vez que eu me metia em um aperto, lá estava você para me socorrer.
Você sempre soube o que dizer (ou o que não dizer) para me faze sentir melhor.
Com suas palavras calmas e sábias, e seus abraços enroscados e amorosos, você consertou brinquedos quebrados e corações partidos.
Obrigado, mamãe.
Obrigado por me dar focas para buscar a beleza dentro de mim e para me manter em pé.
Obrigado por me dizer que eu poderia crescer e conquistar tudo o que eu quisesse, desde que acreditasse em mim mesmo, como você sempre acreditou.


Mamãe, eu nem consigo dizer o quanto significou para mim saber que você esteve ao meu lado, me incentivando a realizar meus sonhos. Você me deu autoconfiança suficiente para enfrentar todos os desafios com um sorriso nos lábios.
Mas, mamãe, por mais linda que seja nossa relação não posso dizer que tenha sido um mar de rosas...
Houve momentos em que eu resolvi botar minhas asinhas de fora... (o que geralmente acabava mal para mim.)
Às vezes eu fazia um escândalo na hora de tomar sopa de legumes, ou quando tinha de escovar os dentes.
Ou quando você insistia para eu dar beijocas estaladas nas amigas da vovó!
Mas, pensando bem, eu queria pedir desculpas por algumas coisas.
Como você deve se lembrar, sua fofa nem sempre foi uma fonte de alegria.
Desculpe pelos momentos em que tirei você do sério, ou em que fiz você roer as unhas por minha causa, e por todas as noites mal dormidas que causei.
Desculpe por ter ido brincar na lama logo depois de você me vestir com minhas roupas novas, e por ficar perguntando cada vez que a gente viajava: “já estamos chegando?”
Desculpe pelas vezes em que tentei fugir do banho, e por fechar a cara quando você não me deixava fazer o que eu queria.
Desculpe pelas vezes em que fui malcriado (especialmente na frente das visitas), e por ter te acordado às cinco da manhã nos aniversários e no Natal perguntando “já posso abrir os presentes?”.
Desculpe também pelas vezes em que me fiz de vítima só para chamar a sua atenção.
Hoje reconheço os seus tremendos sacrifícios e tudo o que você teve de abrir mão por mim.
As minhas refeições eram mais importantes do que as suas, e deve ter sido uma me dureza ensinar a usar o penico.
Toda a vez que você queria tirar um cochilo, lá vinha eu gritando: “Mãe, meu irmão me bateu!”- “Mãe, estou com fome!” – “Mãe, cadê o meu pintinho de estimação? Acorda, mãe, e vem me ajudar a procurar!”
Francamente, eu estaria perdido sem você, mamãe. Eu só queria poder recompensá-la por tudo o que você fez por mim.


Você me mostrou um mundo cheio de amor e beleza.
Você me ensinou a trilhar o meu próprio caminho... E me fez mais feliz do que eu jamais poderia imaginar.
Eu quero que todo mundo saiba: MINHA MÃE É A MAIOR MÃE DO MUNDO!
Porque você é mesmo. Obrigado mamãe. Obrigado por tudo."


          Hojé nós demos uma pausa na série de posts sobre Alimentação Infantil por um motivo muito especial: desejar um feliz dia das mães a todas as mamães blogueiras (ou não) do mundo! Nós não vamos poder atualizar o blog no final de semana, então fizemos a nossa homenagem um pouco mais cedo. O texto acima é de um livro (que por sinal é maravilhoso, cheio de fotos super fofas de animais), que chama "Querida mamãe obrigado por tudo" do autor Braddley Trevor Greive.
         
          Feliz dia das mães, que a sua vida e a vida dos seus filhos seja sempre iluminada e feliz! É o que deseja o Blog Pequenos Modernos.

6 comentários:

  1. Que texto lindo!!
    Fabiola.
    http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Fabiola!
    Volte sempre!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Feliz dia das mães!!
    Beijocas
    Deisy
    http://arrasamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que homenagem mais linda, fiquei emocionada!
    Que seu Dia das Mães tenha sido muito especial.
    Grande beijo,
    Re

    ResponderExcluir
  5. ameiiiiiiiiiiiiiii tudo aqui
    essa homenagem ta linda
    ja estou seguindo vcs
    tbem tenho um blog dedicado ao mundo infantil feito p minha princesinha
    façam-me uma visitinha ficarei nuito feliz
    http://brendagabrielle2010.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Obrigada a todas pela visita :)
    Tomara que o dia das mães de vocês tenha sido ótimo. Beijinhos.

    ResponderExcluir